quinta-feira, 9 de julho de 2009

Mocotó Julino














Antes de mergulharmos na culinária baiana com suas saladas de palmas, maxixe com carne de porco, maria izabel, estava devendo esse mocotó de feijão branco para galera da Administração da Udesc - Florianopolis - SC. Como estou passando uma curta temporada em Lençóis - BA, vou adaptar a receita com ingredientes da região. A dica é aproveitar as noites mais frescas e reunir os amigos ao redor de uma comida nutritiva e caliente!

Ingredientes:
-400gr de feijão branco

-2 tomates + 250gr de carne de sol
+ 2 cebola + 2 dentes de alho + azeite
-100gr de linguiça defumada + 200gr de salsinha
+ 2 folhas de louro
Modo de Preparo:
Numa panela de barro grelhe no azeite a carne de sol picadas em tiras. Em seguida acrescente alho amassado + cebola e tomates cortados em cubos. Introduza o feijão cozido com as folhas de louro, linguiça, corrija quantidade de água e sal e deixe cozinhar em fogo brando por 30 minutos ou até que engrosse. Finalize com salsinha e fio de azeite.
Indicamos harmonização com o Cordelier Equilibrium, lançamento da V. Cordelier, num corte especial da excelente safra de 2005, a partir das castas Merlot + Ancellota + Cabernet Sauvignon. De coloração vermelho rubi com reflexos violáceos, bastante límpida e demonstrando grande vivacidade. Aroma de frutas vermelhas como amora e ameixa preta. Paladar marcante mas de sabor agradável, com persistência equilibrada. Temperatura indicada: 15 18º C. Um vinho do Vale dos Vinhedos, de colheita manual e garrafas limitadas! O Equilibrium vem conquistando prêmios em concursos internacionais, com destaque para o Vinoforum 2008(Eslovênia ), Vinus 2008 (Argentina), IV Concurso Internacional de Vinhos do Brasil. Vale decantá-lo por alguns minutos antes de servi-lo e tim-tim. O vinho pode ser encontrado na loja de vinhos da vinícola, em casas especializadas ou através do telefone (54) 2102-2333.

Um comentário:

Alberto disse...

Como degustador das maravilhas da dona Rosa, eu indico essa obra da culinária que tende à perfeição. Ainda mais nesses tempos mais frios de Julho.
E Lençóis, Rosa, que tal?
Abraço, Beto =)