sábado, 27 de outubro de 2007

Marreco teuto-brasileiro

Cada ano que passa a Oktoberfest de Santa Catarina alcança recordes de público e vendas, só a cidade de Blumenal recebeu em 2007 quase um milhão de turistas que consumiram uma média de 300 mil litros de chopps! É mole??? Já vinha ensaiando uma visita às vizinhas Brusque e Blumenal há tempos, destino que cumpri no ultimo fim de semana. Foi como ter ido num pedaçinho da Alemanha sem sair do Brasil, com destaques para a comida típica (joelho de porco, marreco com purê de maçãs, linguiça). A alegria que vi por lá faz jus à feliz idéia da criação da festa inspirada em Munique, logo em seguida às duas maiores enchentes do rio Itajaí-Açú ( 1983/1984). Depois de um pit-stop em Brusque, cheguei em Blumenal na hora do almoço, animada pra degustar os variados pratos germânicos e me deleitar na observação dos transeuntes que geralmente roubam a cena em grandes manifestações culturais. Logo no início da rua XV, uma garota de 1.50m de altura, cabeleira multicolorida e muito amor pra dar, protagonizou cenas dignas de cinema. Cada beijo que arrancava dos mais animados pelos chopps ou cena de "stripteaser" era ovacionada pela multidão! Lembrei da comédia do premiado diretor Woody Allen: Tudo que queria saber sobre sexo e tinha vergonha de perguntar. O filme é dividido em episódios que são respostas às perguntas tabus sobre sexo; num deles o cineasta protagoniza uma luta com duas tetas femininas gigantes!!! Muito divertido o filme; e a festa, que culmina no desfile de carros alegóricos, grupos de dança nacionais e internacionais, eternizando a velha mania alemã de se tomar chopp ouvindo bandinhas de música. O chato foi ficar na mão com a máquina fotográfica !















Ingredientes:
-1 marreco
-2 fatias de baycon
-3 maçãs
-1 cebola branca
-1 cebola roxa
-6 grãos de pimenta do reino branca
-3 conchas de farinha de mandioca
-1 concha de azeite
-2 laranjas
Modo de preparo:
Tempere o marreco à gosto, no meu caso com pasta de alho e alecrim. Deixe marinar por 6 horas.
Modo de preparo do recheio:
Leve ao fogo o azeite e refogue os miúdos do marreco, adicione as cebolas em cubos até que murchem. Em seguida adicione as maçãs, também em cubos, pimentas amassadas e sal o quanto baste. Finalize com a farinha.









Recheie o marreco, costure e forre um refratário com as cebolas e laranjas cortadas em fatias. Cubra com oas fatias de baycon e leve ao forno brando por 2hs. Sirva acompanhado de arroz branco.

Notas: Teuto-brasileiro: é o brasileiro que tem ascendentes germânicos (alemães, suíços e austríacos).

4 comentários:

Eliana Scaramal disse...

Sabe que ainda não comi o marreco, mas esse está tão bonito que me encheu de vontade! :)

Flor de Sal disse...

Parece delicioso! Mas amiga explica a uma portuguêsa o ke é um marreco???? Será um pato????
Bjnhos de Portugal

Rosa Maria Martins Moraes disse...

Olá amiga....pato e marreco tem diferenças físicas quase invisíveis. O marreco na realidade é uma variação do pato selvagem. Creio que a diferença está no sabor, que dependendo dos temperos usados fazem a diferença. Sempre faço o pato ao molho e o marreco assado ao forno. Vale experimentar as diferenças!!! bjos

xxinerser disse...

情色電影, aio交友愛情館, 言情小說, 愛情小說, 色情A片, 情色論壇, 色情影片, 視訊聊天室, 免費視訊聊天, 免費視訊, 視訊美女, 視訊交友, ut聊天室, 視訊聊天, 免費視訊聊天室, a片下載, av片, A漫, av dvd, av成人網, 聊天室, 成人論壇, 本土自拍, 自拍, A片,

愛情公寓, 情色, 舊情人, 情色貼圖, 情色文學, 情色交友, 色情聊天室, 色情小說, 一葉情貼圖片區, 情色小說, 色情, 色情遊戲, 情色視訊, 情色電影, aio交友愛情館, 色情a片, 一夜情, 辣妹視訊, 視訊聊天室, 免費視訊聊天, 免費視訊, 視訊, 視訊美女, 美女視訊, 視訊交友, 視訊聊天, 免費視訊聊天室, 情人視訊網, 影音視訊聊天室, 視訊交友90739, 成人影片, 成人交友,

免費A片, 本土自拍, AV女優, 美女視訊, 情色交友, 免費AV, 色情網站, 辣妹視訊, 美女交友, 色情影片, 成人影片, 成人網站, A片,H漫, 18成人, 成人圖片, 成人漫畫, 情色網,