domingo, 21 de setembro de 2008

Ostras à Josiane Lima














Contrariando as espectativas, a Paraolimpíada de Pequim terminou no ultimo dia 16 de Setembro de 2008, com um saldo de medalhas de fazer inveja a qualquer mortal sem deficiência. Recordes foram quebrados por atletas cada vez mais rápidos e os países mais pobres ( com delegações maiores), foram destaque com resultados bem mais expressivos que na Olimpíada. Segundo dados estatísticas da Organização Mundial de Saúde, dos 750 milhões de pessoas com deficiência no mundo, 80% deles vivem nos países ditos em desenvolvimento que não possuem uma política eficiente no combate a doenças como a poliomielite e um grande exército de amputados, vítimas do combate armado.
O Brasil apresentou a maior delegação de todas as competições anteriores e mesmo com as dificuldades enfrentadas pela maioria dos atletas, que não possuem patrocínio, conseguiu chegar em 9º lugar na competição, contra a apagada 23ª colocação da Olimpíada.
O Remo Adaptável foi destaque conquistando a medalha de bronze com a dupla Elton Santana/Josiene Lima, no skiff duplo misto( somente movimento de braço e tronco). Josiene Lima é filha de Florianópolis e grande promessa para a modalidade, mas confessa que tem dias que dá vontade de parar pela falta de incentivo.
De volta para casa e de posse da melhor campanha da história do Brasil nas Paraolimpíadas( 47 medalhas, sendo 16 de ouro), nossos paraatletas clamam por patrocinadores de forma a obterem ainda melhores resultados na próxima competição em Londres.
Recebemos nossas heroínas competidoras com um festival de ostras, regado com o delicioso vinho Núbio Rosé Cabernet Sauvignon, safra 2006, da Vinícola Sanjo, com fabricação de apenas quatro mil garrafas. Mais um vinho de altitude da região de São Joaquim-SC .
É um vinho que apresenta uma cor fascinante, róseo acinzentado, de aromas de cereja e afins, paladar refrescante, boa acidez e um final marcante.
Ingredientes:
- 4 duzias de ostras
-alho poró à gosto
-queijo parmessão
-1 colher de bacon
-1 cabeça de alho
-1 cálice de vinho
-azeite à gosto
Modo de preparo:
Leve as ostras já limpas em fogo alto por 10 minutos. Abra uma a uma com cuidado, retirando a carne e reservando a água. Repique a carne em pedaços pequenos. Passe um fio de azeite numa frigideira e adicione o bacon cortado em cubos bem pequenos. Em seguida adicione o alho picado, alho poró e o vinho, deixando por 4 minutos. Retorne a carne as conchas, adicione o queijo e leve para gratinar.














Josiane, Norma e D. Rosa em dia de homenagens.















Dupla de bronze: Josiene Lima e Elton Santana
















6 comentários:

Aunersa disse...

Eitaaaaaaaaaaa... sou orgulhosa destes amigos meus.Agora estão chiques demais. Dna Rosa, agora to embaixo do seu chinelo pra cozinhar viu? Agora vc é a cheff, afinal so sei mesmo fazer nosso arroz com feijão e olha lá rsrsrs. Td bão cocêis?
Saudades... Manda beijos pra este marido seu.
Adoro vocês.
Xau
Au

Au disse...

òtimo...

Nadi disse...

Oi Rosa!!
Adorei teu espaço! voltarei mais vezes!
beijos!!!
Nadi

Anônimo disse...

OI Rosa...
Quero parabenizar e agradecer toda sua hopitalidade, e claro essa homenagem, voce e seu excelentissimo sao Show de bola...
me sinto muito feliz de ter a oportunidade de conhecer pessoas tao diferenciadas e de bom gosto...
um grande abraço.
PS: essa ostra e uma loucura de boa!!
Bjo
ATT
Josiane Lima

Wilson disse...

Oi Rosa. A noite foi ótima. Vc é uma chefe diferenciada. As ostras estavam incomparáveis, uma verdadeira revolução na cozinha ilhéu.

parabéns

beijos Norma

Rosa Maria Martins Moraes disse...

Querida Au...há qto tempo!! Está devendo uma visitinha básica, heim? Agora em Outubro e Novembro é uma festa! Muito churrasco de Anchovas!
Bjos nos rapazes!