terça-feira, 27 de julho de 2010

Rosquinhas à Machado de Assis
















No último final de semana o Sabor das Ervas se deslocou até Rio Verde,Goiás,onde D. Rosa compareceu à homenagem aos avós maternos, Osório Coelho de Moraes e Maria Francisca de Moraes.
A festa foi magistral, de uma organização impecável e deliciosamente regada com muita alegria, além da tradicional culinária do centro-oeste. Parabéns à comissão de eventos composta pelos primos: Marilda, Marina, Osório e Adval!
Um dos pontos altos da confraternização foi a visitação do Museu da Vovó, uma inusitada iniciativa da neta Cilza Fonseca Coelho, que não poupou esforços para recontar a história cultural da família entre os séculos XIX e XX através de utensílios, fotos, objetos, ferramentas e indumentárias.
A idéia que norteou os organizadores do encontro foi fazer um resgate do enorme legado que os patriarcas da família Moraes, deixaram para a família. Legado esse baseado no amor, no trabalho, no perdão, na confiança, no caráter, no respeito, na solidariedade. Confesso minha emoção ao palestrar para mais de mil familiares e mais uma vez recorro a frase Machadiana: “Há coisas que melhor se dizem calando”.
Ingredientes:
-1/2 xícara de leite em pó
-1 xícara de nata
-1 ovo 3 dentes de cravo moído
-3 1/2 de açúcar
-1 colher de sobremesa de sal e outra de bicabornato
-farinha de trigo o quanto baste
Modo de Preparo:
Misture o açúcar + leite + ovos. Aos poucos vá adicionando o restante dos ingredientes previamente misturados. No final adicione a farinha até que a massa solte das mãos. Enrole em tranças e leve para assar em forno quente.Não poderia deixar de brindar a especial ocasião, com um delicioso espumante vindo da Serra Gaúcha,Bento Gonçalves, da Vinícola Milantino. Esse Moscatel harmoniza muitíssimo bem com nossa receita. Elaborado a partir das uvas Moscato Giallo, produzido pelo processo charmat. De perlage abundante e borbulhas finas. O sabor é especial, equilibrado e refrescante. Ideal servir entre 5 e 7ºC.
Mais de mil familiares reunidos num só coração!













Cantinho da Vovó. Cresci em meio a muita fartura que minha avó Maria Francisca adorava comandar! Obrigada Vovó por ter feito minha infância tão feliz!













Prima Marcinha e marido. Saudades prima!















Meus adoráveis avós: Maria Francisca e Osório Coelho. Casal exemplo!













Bisavós Paternos: Mãe Maria Rosa e Pai Carmo, daí saiu meu nome!












Bisavós Maternos: Mãe Clotildes e Pai Joaquim


















Vista parcial do Museu da Vovó, sob o olhar da criadora, Cilza Coelho Fonseca.













Parabéns prima pela inciativa que só abrilhantou nossa confraternização!













Tia Arlô e Madrinha Zoraides. Só dedicação!














D. Rosa não se cabia de tanta emoção!


















Primo Mauro Moraes, presente e como sempre brilhante!


















Família reunida em várias gerações!













Minha querida maezinha, D. Tidinha, entre sobrinho Paulo Antônio e Tia Glorita.












Paulo Antônio, vivemos momentos especiais!


















Olhem a alegria da tia Eunice, prima Jane, Nelcy e tia Neide!














Dois irmãos, D. Marilda e Tio Edílson, esse Negão é o irmão que todo mundo queria ter!













E a festa continua com muita moda de viola!













Adorei rever meu amigo César, profissional como poucos. Cerimonial respeitável em Rio Verde.












Irmão Osório e prima Marina, unidos num só intuito!













Trio alegria(prima Marina, Jane e cunhado João Orlando)












Tia Neide e D. Tidinha, exemplos a serem seguidos!














Minha mãezinha, D. Tidinha, Sr. Garibalde, meu pai e padrinho João Miguel.











Amiga Ana e tia mãezona Arloinda.













Prima Luths, entre os primos Nelcy e Élcio.














Esse meu padrinho é uma figura adorável. Só alegria!













Primo Wágner e criadora do Museu da Vovó, prima Cilza, ladeados pela sobrinha Regiane e mamy!












Prima Jane (esquerda) logo falou: faz a foto onde fui batizada prima. Aldeã e religioso compuseram a foto!













Vista Parcial da igreja S. Sebastião. Não tinha local melhor para o reencontro familiar!


















E dá-lhe comilança!













Olhem a cara do moço(primo Marcelo), sabendo que vai ser pai! Parabéns primos!











Sala cheia!!!














D. Tidinha, Pop Star!













Um viva pra família toda! Muita paz!














Era uma vez uma família feliz!












Primo João Bôsco, filósofo brilhante!


















Igreja S. Sebastião: Magistral!


















Saudades dos tempos de criança!


















Tia Arlô e Carlos Alberto, exemplos de determinação e sucesso!
















Meu irmão Osório e esposa(Mara), exemplos de amor, coragem e trabalho!
















Tia Negrinha acompanhada de neta Suzana. Continua fina e elegante como nos tempos do tio Hermínio.









João Orlando e irmã Marilda, irmãos. Animação é com eles mesmos!

3 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns pelo blog. É sempre bom compartilhar a história de uma família e torná-la registrada para que outras pessoas possam conhecer o verdadeiro sentido desta palavra.Abraços, Suzana Fonseca

César disse...

Parabéns pelo trabalho. Família é mesmo nosso maior tesouro. Abraços. César.

Jair disse...

Parabéns, pelo blog, nossa família é a "maior" mesmo em tudo!!!!!!!!!
Jair Leão Jr.