quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Filé de Marlin ao tomilho e groselha !














O Marlin Azul é o mais nobre dos peixes, podendo ser consumido na forma de sashimi, grelhado ou numa moqueca especial. Cabo Frio - RJ é um dos points desse cobiçado pescado, que tem a pesca devidamente controlada para sorte do consumidor. Um Marlin Azul chega a pesar mais de 300 quilos na idade adulta, e é motivo de festa quando capturado em torneios de pesca.
Ingredientes:
-1 kg filé Marlin
-1 flor de groselha
-tomilho a gosto
-2 dl de pimenta do reino branca
-azeite o quanto baste
-ervilhas tortas para guarnição
Modo de Preparo:
Pique os filés com 2 dedos de espessura. Tempere com sal, pimenta e reserve. Pique grosseiramente o tomilho e refogue no azeite por 3 minutos. Em seguida passe os filés também no azeite por 1 minuto e meio de cada lado. Finalize com mais azeite + flor da groselha picadas e as ervilhas já passadas no vapor.
Para harmonizar, sugerimos um lançamento da Vinícola Garibaldi, a pequena notável espumante Garibaldi Premium Brut, com 187ml.
Elaborado com as variedades Riesling + Trebbiano e Moscato, pelo método Charmat. De coloração amarelho palha e reflexos esverdeados. Apresenta toques frutados, lembrando acerola e lima e leve toque mineral. Mescla a acidez da riesling com a suavidade do trebbiano.Servir entre 6 e 8ºC.

4 comentários:

André Louzada disse...

Ando encantado com nossas espumantes. São show de bola!!! Tenho acompanhado o blog e gostado muito!

Morgaine disse...

OlÁ!

Uma das ervas que também costumo utilizar em peixes é o estragão, mas tenho sempre que comprá-lo já que não consigo cultiva-lo em casa.

Sabem alguma dica para o cultivar em casa! Ja tentei semear várias vezes e nada :(

Rosa Maria Martins Moraes disse...

Olá Morgaine, t. bem? O Estragão é facilmente cultivado em casa em vasos. O ideal é preparar a terra com húmus natural e fazer a semeadura na terra bem fofa, numa profundidade de + ou - 5cm de profundidade. Regue uma vez ao dia e em 21 dias as sementes germinarão e chegarão ao ponto de serem transplantadas para o vaso definitivo. O ideal é usá-lo sempre fresco, pois secos perdem potência de aromas.

Morgaine disse...

Vou tentar mais uma vez e ver se desta tenho sorte!

Gosto tanto do sabor do estragão nos pratos de peixe!

Obrigada