domingo, 5 de abril de 2009

Risoto de pato















Risoto em italiano é o diminutivo de “riso” (arroz). Aportou no Brasil pelas mãos dos imigrantes italianos no final do século XIX, e aqui ganhou ingredientes nossos, como o charque, crustáceos, galinha, pato, queijos, etc. De prato popular, ganhou status e sofisticação, caindo no gosto de renomados chefs e restaurantes especializados. O segredo do risoto é deixá-lo com uma consistência de sopa grossa, quase uma papa. É dica para o próximo domingo de páscoa.
Ingredientes:
-1 pato
-2 cebolas
-2 dentes de alho
-2 tomates
-300g de arroz
-brócolis
-pimentão vermelho
-1 xícara de azeite
-1 pinça de pimenta do reino branca
Modo de preparo:
Pique o pato e frite até dourar. Em seguida adicione a mesma quantidade da carne de água e deixe cozinhar. Desfie-o e reserve. Doure o alho e cebola no azeite, acrescente o pato desfiado e os tomates. Deixe reduzir um pouco e adicione dois copos de caldo de carne e deixe-o na consistência de um ensopado e reserve. Coloque o arroz para cozinhar no caldo de carne, deixando na consistência de sopa grossa. Numa paejeira adicione o arroz ao pato desfiado. Acrescente brócolis, pimentão sem pele. Acerte o sal e pimenta.
A textura é traço fundamental tanto em vinhos quanto na comida e saber identificá-las é o pulo do gato para alcançar uma perfeita sintonia, sem regras fixas, com o único compromisso de melhor aproveitar o prazer da boa mesa. A sugestão de harmonização é um merlot da região de Bento Gonçalves, Vinícola Milantino. De coloração vermelho violáceo, com aroma marcante e complexo, mesclando frutas vermelhas como amora preta, cassis, ameixa, café. Um vinho harmônico com taninos macios e um final marcante.











3 comentários:

Ana Paula disse...

Tô adorando essas receitas de risoto.
Esse de pato deu vontade só de olhar! Bjão e continue postando os risotos.

Sandokan disse...

Dorme uma mão sobre o fogo,
Selando os lábios que sussurram nas sendas do castelo,
Como um grito amordaçado.
Sonha com um corpo cansado
De tantas mágoas passadas
E nada tendo alcançado

Paira um sopro nas asas da tempestade,
Como um corpo crucificado no crepúsculo esmorecido
Da manhã divinizada.
E a vida chega a doer
E é o primeiro tédio, depois do medo

Espelha-se no segredo a confidência do absoluto
Cantando gritos na aurora do infinito
Onde se espraia o amplexo da gaivota mutilada
Pelo fúnebre enlace da corda que pinta os momentos
Na esmorecida miragem de um labirinto deserto.

Dorme um anjo sobre a areia…

xxinerser disse...

情色電影, aio交友愛情館, 言情小說, 愛情小說, 色情A片, 情色論壇, 色情影片, 視訊聊天室, 免費視訊聊天, 免費視訊, 視訊美女, 視訊交友, ut聊天室, 視訊聊天, 免費視訊聊天室, a片下載, av片, A漫, av dvd, av成人網, 聊天室, 成人論壇, 本土自拍, 自拍, A片,

愛情公寓, 情色, 舊情人, 情色貼圖, 情色文學, 情色交友, 色情聊天室, 色情小說, 一葉情貼圖片區, 情色小說, 色情, 色情遊戲, 情色視訊, 情色電影, aio交友愛情館, 色情a片, 一夜情, 辣妹視訊, 視訊聊天室, 免費視訊聊天, 免費視訊, 視訊, 視訊美女, 美女視訊, 視訊交友, 視訊聊天, 免費視訊聊天室, 情人視訊網, 影音視訊聊天室, 視訊交友90739, 成人影片, 成人交友,

免費A片, 本土自拍, AV女優, 美女視訊, 情色交友, 免費AV, 色情網站, 辣妹視訊, 美女交友, 色情影片, 成人影片, 成人網站, A片,H漫, 18成人, 成人圖片, 成人漫畫, 情色網,